01 julho, 2007

Atentados, Intentonas e Inventonas

As últimas semanas, e particlarmente a passada, foram pródigas em novidades neste campo.
Falava-se em parangonas na comunicação social que várias cidades europeias estariam na eminência de sofrer um atentado terrorista.
Eis senão quando a comunidade europeia é "surpreendida" por uma tentativa de atentado, abortada a tempo em Londres, com dois carros armadilhados. Os terroristas faziam a vontade aos meios de comunicação e faziam "cumprir" a profecia.
Mas é muito estranho... Deveras muito estranha esta tentativa terrorista. Nem o amador mais amador cometeria erros primários.
Senão veja-se: o carro foi conduzido pelo presumivel terrorista até ao centro de Londres sem qualquer problema ou incidente. Aí chegado desata a bater em tudo quanto era caixote de lixo; estaciona em local óbvio para levantar suspeitas; depois tem a carga letal posta a descoberto (viram-se fotos). Bem um "terrorista" a ser despedido por incompetência.
E nem faltou o polícia "super-herói" para desarmadilhar a bomba na hora!!!
Bem, só faltava por uma bandeirinha a dizer que estava ali a bomba!
Mesmo o IRA não cometia erros tão primários. Do 2º carro não se viu nada!!!
Repare-se que no Iraque não encontram carros armadilhados com facilidade.
Mas há umas coincidências interessantes. O tal "atentado" ocorre a 29 de Junho, um dia depois de Gordon Brown ter tomado posse. São conhecidas as divergências entre Brown e Blair. Este acontecimento poderia ter 2 objectivos: avisar o novo primeiro ministro para não se afastar da linha de Blair ou....; o segundo, colocar o governo britânico de imediato sob "stress terrorista".
Depois surge no aeroporto de Glasgow um carro em chamas contra um dos portões. Mas que diabo de obsessão por aeroportos!!
Bem, depois começou o pânico! Falso alarme em Espanha, Portugal de prevenção, etc... Um "show" enorme em volta do acontecimento da comunicação social. É que já fazia tempo não havia uma animação destas. E é bom recordar ao povo que os terroristas (em especial da Al-qaeda ou outros extremistas islâmicos) existe.
Novos níveis de alerta e mais restrições aos cidadãos.
No mínimo é tudo muito estranho.......
Adenda: Polícia inglesa descobre e faz explodir novo carro armadilhado! «Não há indicação que o veículo contivesse quaisquer explosivos», apontou um porta-voz policial, citado pela cadeia televisiva, dando conta que o cordão de segurança foi imposto por precaução, não adiantando, porém, quando será levantado. Mais uma coisa estranha....

3 comentários:

Paulo Sempre disse...

"Eles" andam ai.....

Abraço
Paulo

Espectadora Atenta disse...

Desculpe o comentário, pois sei que nada tem a ver com o tema que aqui colocou a discussão, mas neste momento, existe na blogsfera uma campanha de solidariedade com o Prof. Caldeira por causa do processo de José Sócrates e vários blogues aderiram a esta "pequena" ajuda...
Se quiser colaborar com esta campanha é só colocar no seu blogue a imagem da campanha feita pelo KAOS que já inclui um link para quem quiser assinar a petição on line sobre o tema...Pode encontrar esta imagem no blogue do KAOS ou no meu...

Atenciosamente...

Anónimo disse...

Há problemas no nosso condomínio ...
___________

Deve ser da camada de ozono…

Apareceu uma frase jocosa no quadro do condomínio, alguém chamou a atenção do administrador e ele, como mora no 1º andar e não pode demitir os condóminos, desligou os elevadores, as lâmpadas das escadas e ameaça tomar medidas ainda mais drásticas, por quebra do dever de lealdade dos condóminos que o elegeram.

Bem lhe disseram que estas questões de lealdade não se medem assim, que nestas coisas é preciso ter calma e assobiar para o lado, mas não vale a pena.

A menina Clarinha está furiosa: então o sr. António (é o administrador), pode dar as piadinhas que quer, quando lhe apetece e não aceita as piadas dos outros?

O sr. Jorge, do 4º esquerdo, já avisou que é melhor arranjar rapidamente outro administrador, mais tolerante e com sentido de humor, antes que acabe tudo à lambada.

Se este exemplo alastra aos outros prédios do bairro, vamos ter sérios problemas.

Já falei com outros condóminos para ver se nos organizamos melhor, reforçamos a comissão de moradores e conseguimos travar estas derivas autoritárias.

E o Ministro*?
O Ministro mora numa vivenda, não mora em condomínio!


(*Horácio Ministro, da junta de freguesia)

compapasebolos.blog.com